Publicado el 21-06-2019
CLT19

O CLT19 delineará em mais de 20 atividades, com referências internacionais do setor público e privado, o caminho para a transformação digital da América Latina

  • A 7ª edição do Congresso Latinoamericano de Telecomunicações reunirá mais de 60 líderes, incluindo ministros de TIC, reguladores, executivos, acadêmicos e chefes de organizações internacionais. Ajit Pai, presidente da FCC dos Estados Unidos, e sua equipe, compartilharão os avanços em matéria de digitalização e implantação de 5G.
  • Está confirmada a participação institucional da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Espanha, Estados Unidos, México, Paraguai e República Dominicana.

Buenos Aires, 19 de junho de 2019 –  A duas semanas do início de sua primeira edição na Argentina, o 7º Congresso Latinoamericano de Telecomunicações já ultrapassou 60 painelistas confirmados para mais de 20 atividades relacionadas a implantação de infraestrutura, inovação, regulamentação, concorrência, transparência, cobertura, fundos de serviço universal, digitalização, Indústria 4.0 e segurança, entre outras questões estratégicas. O fórum permitirá a troca de experiências e incentivo aos debates entre os líderes dos setores público e privado para promover políticas que acelerem o fim da exclusão e da transformação digital na América Latina.

Nos últimos anos, ocorreram avanços importantes tanto na cobertura como no acesso à Internet na América Latina e no Caribe. No entanto, de acordo com a União Internacional de Telecomunicações (UIT), 279 milhões de pessoas ainda não usam esse serviço. É imperativo repensar variáveis importantes, como a gestão e a disponibilidade de recursos essenciais, o espectro radioelétrico, o desenho e o uso de fundos de universalização, bem como imaginar novos mecanismos que alavanquem investimentos em áreas remotas e onde os custos de implantação e acesso tornem a conectividade de famílias de baixa renda inviável. Essas questões serão justamente o motor das discussões que delinearão o caminho para a digitalização da América Latina.

Para abordar essas importantes discussões, está confirmada a participação governamental da Argentina, Brasil, Colômbia, Chile, Cuba e Paraguai; além dos líderes de órgãos reguladores de 8 países; e executivos das principais empresas do setor.

Em um ano significativo para o futuro do 5G devido à iminente Conferência Mundial de Radiocomunicações (CMR-19), o CLT19 contará com convidados internacionais, incluindo Ajit Pai, presidente da Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos Estados Unidos, e Grace Koh, chefe da delegação e representante dos Estados Unidos na CMR-19. Também participará Chaesub Lee, diretor do escritório de normalização da UIT, e Roberto Sánchez, diretor geral de telecomunicações da Espanha. Esses convidados juntam-se a um notável programa de líderes regionais, entre os quais se destacam:

  • Andrés Ibarra, secretário do Governo de Modernização e vice-chefe do gabinete de ministros da Argentina
  • Héctor Huici, secretário de tecnologias da informação e comunicações da Argentina
  • Silvana Giudici, presidente da Agência Nacional de Comunicações, ENACOM, Argentina
  • Vitor Menezes, secretário de Telecomunicações do Brasil
  • Luciano de Freitas, especialista em regulamentação, Agência Nacional de Telecomunicações, ANATEL, Brasil
  • Pamela Gidi, subsecretária de Telecomunicações do Chile
  • Iván Mantilla, vice-ministro da Conectividade e Digitalização do Mintic da Colômbia
  • Carlos Lugo Silva, diretor executivo da Comissão de Regulamentação de Comunicações, CRC, Colômbia
  • Gilbert Camacho, membro do Conselho de Superintendência de Telecomunicações, SUTEL, Costa Rica
  • Ana Julia Marine López, vice-ministra das comunicações de Cuba
  • Ramiro Camacho e Mario Fromow, comissários do Instituto Federal de Telecomunicações, IFT, México
  • Alejandro Peralta, ministro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraguai
  • Nelson Guillén, presidente do Instituto Dominicano de Telecomunicações, Indotel, República Dominicana

Também estarão presentes:

  • Daniel Bernal, vice-diretor de assuntos regulatórios da América Móvil
  • Manuel Abelleyra, presidente, DirecTV Latin America
  • Rachel Samrén, VP – diretora de Assuntos Externos, Millicom
  • Robert Pepper, chefe de políticas tecnológicas e conectividade global, Facebook
  • María Cristina García de Miguel, gerente de Recursos Órbita Espectro e Regulação, Hispasat
  • Carlos Moltini, CEO, Telecom Argentina
  • Federico Rava, presidente, Telefónica Argentina
  • Sebastian Nieto Parra, chefe da unidade para a América Latina e o Caribe, Centro de Desenvolvimento, OCDE
  • Farah Diva Urrutia, secretária de Segurança Multidimensional, OEA
  • María Elena Estavillo, ex-comissária do Instituto Federal de Telecomunicações, IFT, México.

Veja a lista de painelistas confirmados aqui aquí

O evento ocorrerá de 1 a 5 de julho no Centro de Convenções Brigadier General Juan Bautista Bustos de Córdoba, com a presença prevista de mais de 400 participantes. O debate terá lugar em diferentes formatos: uma sessão plenária composta por painéis, flash sessions, keynotes e fire-side chats, além do encontro acadêmico da CPR LATAM, o Conselho de Administração da Comissão Técnica Regional de Telecomunicações da América Central (COMTELCA), o Fórum da UIT sobre gestão do espectro de rádio e diferentes workshops sobre fundos de serviço universal, pirataria, IoT e segurança, governança da Internet e 5G.

Veja a agenda atualizada aquí e eventos paralelos aquí

O CLT19 é organizado pela UIT, o CAF – banco de desenvolvimento da América Latina,  a Associação Interamericana de Empresas de Telecomunicações (ASIET) e a GSMA, com a Secretaria de Governo de Modernização da Argentina como sede. Tem o apoio do Governo de Córdoba e do ENACOM, junto com organizações como a COMTELCA, a Regulatel, a CEPAL-eLAC, a ICANN, Internet Society e o LACNIC.

Para mais informações e inscrição, acesse  clt.lat